Arquivo para agosto, 2012

    Há certas pessoas que foram picadas em algum lugar, porque o seu comportamento vai ficando esquisito com o passar do tempo. Foi educado muito bem para a vida, mas, quando forma uma nova prole e um novo lar com suas crias, mudam demasiadamente de comportamento, muitos ficam ciumentos, controladores, e só vê a sua nova família, nem os pais significam como antes, envelheceram vão ficando na sua insignificância que um dia significou muito, mais porque não são  mais dependentes se enclausuram dentro de si, e vai controlando aos poucos os que fazem parte da sua nova prole.               Comprometendo o sucesso destas pessoas desde a sua infância, não respeitam mais a faculdade da vida, é o já sei, do novo século. As informações já estão na sua frente a segundos dos acontecimentos, mais tem que saber separar o joio do trigo, se não veem o inesperado que está mostrando pela TV. Todos os dias, os bem educados protegidos demasiadamente. Quando for ver lá na frente, o estrago já foi feito porque é difícil consertar uma mente que foi picada pela mosca azul.

A proteção demasiadamente protetora vai deixando marcas na caminhada da vida das pessoas. A liberdade gradativamente nos momentos certos levam as pessoas infalivelmente ao sucesso. O amistoso avisa cuidado com a mosca azul, que sua picada deixa marcas para sempre. Antônio Almeida 08/08/2012.

      De 1998 até 2012 mataram 380% de jovens e crianças, é o país do mundo que mais mata crianças.

               Não sei e não sabia e o que você sabe? Quais são as políticas desenvolvidas para diminuir essa aberração de um país tão rico como o Brasil, será que sabem? Ou ficam só olhando de cima como se nada acontecesse. Você sabe que só através da educação é que podemos mudar esse quadro, e tem dinheiro para fazer, porque não faz? É isso que eu não entendo, querem imitar os chineses, que só vieram entender depois de mais de cinco mil anos que a solução para o crescimento, só poderia acontecer com uma política séria de educação, hoje com essas e outras medidas, já é a segunda potência econômica mundial, e antes de 2018, será a primeira. Não é profecia, um país com uma população com mais de um bilhão e quatrocentos milhões, e sua economia crescendo todo ano mais de 10%, a onde a seriedade com o erário público é a sua grande prioridade, para desenvolver as políticas de base para o crescimento e competitividade com essa aldeia global, os resultados estão aí, para todos verem.

               Quando vamos deixar de ser tratados como silvícolas? Será com a juventude do terceiro milênio? Os que denominamos de pós-humano acordaram ou ainda estão dormindo ou brincando com sua máquina, será que ela só serve para isso, acordem enquanto é tempo, se mirem nos países europeus, que andam mais enrolados do que novelos, esses servem de exemplo para os donos das capitanias hereditárias, mas se continuarem como primitivos, sem participar, levaremos mais de cem anos para que aconteçam as renovações. O amistoso avisa o que todos já sabem que a profissão mais importante para o crescimento de um país, é o professor que forma os futuros participantes de qualquer nação para o crescimento, a não ser que queiram ser silvícolas por mais quinhentos anos.

                          Sim embriagado pela minha lucidez de sentir o perfume das flores, do canto dos pássaros, e poder ainda apreciar a natureza exuberante se transformando dia a dia, mês a mês, ano a ano e compartilhando das dádivas de Deus.

             O meu pensar é constante para as coisas que sei que continua e eu sou apenas um participante por um período de minha existência, mas, com o dever de ter cumprido com a minha extensão, com o amor incondicional, pois nasci com ele, não tenho medo de morrer, sinto pena, deixo um pouco do que aprendi para muitos que passam por essa estada aqui, a cada dia sinto-me cada vez mais desvanecido pelo sofrimento e pela dor, mais tudo faz parte do conjunto da obra, se passei á frente de quatrocentos milhões é porque fui escolhido para contribuir com o crescimento humano, mesmo que seja com um pingo d´água deixo a semente encher o copo, pois estão bem adubadas para crescer e dar continuidade, para que esse ébrio, saia da vida e entre para a eternidade.

                       O amistoso na sua caverna esperando a aurora boreal para iluminar o conhecimento dos que vivem eternamente no escuro, mesmo com tanta claridade, que chega a ofuscar os nossos olhos, mas só olham e não veem, porque a cegueira do tudo sabe não deixam os NERDS verem o que está tão próximo do seu nasal.

São os mesmos de antes e de hoje, não houve renovações porque não querem a melhoria de Salvador. Que já foi uma das capitais de maior fluxo de turismo. Espero que os jovens com todos os exemplos escancarados sem a menor preocupação com o povo, desta vez aprendam a escolher o seu candidato “se é que tem”. Já temos as ferramentas para protestar contra os abusos dos donatários perpetuados no poder, que tratam como sempre o povo como o resto, já viram o que fizeram com a educação, saúde, segurança e outras coisas mais, que todos já sabem não é? Ou ainda não aprenderam e vão deixar para o último momento e votar só pela aparência ou descendência e ficar na mesma mesmice. Já está na hora honrar seus compromissos como soteropolitanos, cresçam para o conhecimento, e saiam da sua individualidade apedeuta repetindo sempre que não gostam de política, (política é expirar e inspirar o ar que vem de dentro de você), tudo que você faz e os outros fazem para o seu benefício ou lhe prejudicar, estão usando de certa forma a palavra política que pode ser para o bem ou mal. Essa juventude que será os representantes de amanhã, precisam se preparar para assumir os cargos eletivos, se não fizerem vão ficar procurando agulha no palheiro. O amistoso continua insistindo com quem não quer ser Brasileiro, prefere ser escravo do poder para sempre. Antônio Almeida 04/08/2012.     


         Sempre os mesmos, e continuando com suas descendências, nada muda só as manobras que são diferentes, há alguns anos havia renovações em todas as áreas, mas no momento em que devia ter mais, vai desaparecendo por conta da alienação da maioria dos jovens da não participação das políticas desenvolvidas no país, no atual momento a eleição perdeu a sua graça, ninguém quer se envolver para melhorar a educação, a saúde e outras políticas para o desenvolvimento.          Não acredito que um país, possa crescer e ser sustentável por muito tempo, sem o conhecimento, ter muitas escolas e faculdades de péssimas qualidades de ensino, não leva o país a lugar nenhum, o tempo será a prova da irresponsabilidade não só de quem faz a política mais também daqueles deixam o rio correr e levar toda sujeira para o mar e lavar a alma dos enganadores não é apedeutas que vivem na sua individualidade, mais esses vão deixar a lama podre para a sua prole e seus descendentes descascar o abacaxi ananás, porque o rio é como o tempo, continua sempre com o seu curso.

A faculdade da vida, dá o direito de avisar aos jovens raspados e tatuados que avaliem mais a sua estada aqui, e acordem em quanto é tempo.
 O amistoso com o seu amor incondicional tentando levantar defunto em cova rasa.
Antônio Almeida 25/06/2012.


Um se transformava em dois, três, quatro, cinco ou mais, hoje um nem sempre são dois e dificilmente se soma com dois por muito tempo, porque os tempos mudaram, agora por pouco tempo o um se transforma em dois, mais logo retorna ao seu lugar à espera de um dia ser dois, ficou complicado o entendimento dos que dizem que aprenderam, desaprenderam na soma o entendimento entre os pares os impares, o que se vê são números pares juntos e números impares também, não sei se por muito tempo, porque a tendência dos números é somar, multiplicar sempre para o crescimento aumentando o significando do ser, em crescimento e não ficando com números iguais e a igualdade do jeito que querem ser, será o amanhã bem mais complicado a soma e a multiplicação, para dar continuidade como nos tempos antigos em que a multiplicação era a razão do ser com muito orgulho e galhardia para a perpetuação dos números pares com impares para a alegria da humanidade, se deixar de multiplicar, e com essa nova forma da matemática, daqui a alguns milhares de anos teremos apenas números que não irão mais somar e nem multiplicar. O amistoso se preocupando com o amanhã antes do hoje. Antônio Almeida 03/08/2012.   

 





                          O que me chamou mais atenção, é o tratamento dado aos ingleses através do seu sistema de saúde ao seu povo, é de encher os olhos, e quanto equidistante o Brasil está em matéria de saúde para o seu povo, é de tal proeza, que os donos das capitanias hereditárias até agora ainda não reconheceram os silvícolas como humanos, continuam com a mania de dominadores o povo é o resto por esse e outros motivos é que  andamos com a cara pintada de urucum imaginando que evoluímos é só o vento soprar ao contrário que a casa vai cair, porque é de barro e de um pau vermelho chamado Brasil. Não sei por que esses caras pálidas não se espelham-se com esse e outros países que procuram devolver ao povo o que é do povo, os impostos cobrados em dois mil e onze, arredondando chegou a quantia pífia de hum trilhão de reais, se administrados em seu benefício, através da saúde, educação, moradia, estradas, cidades limpas e outras coisas, aí sim teríamos muito orgulho e gritar o brado retumbante e afirmar para o mundo que somos a sexta economia. O que me deixa perplexo é essa juventude do tudo sabe e nada quer saber, por que não querem lutar para a melhoria de qualidade dos seus e da rebanhada que vem na caminhada da vida que segue o seu curso como um rio, que vai levando toda sujeira para desaguar nós seus filhos, netos, bisnetos, e toda a sua continuidade. O amistoso com a cara pintada de urucum de olhos na TV. Desiludido porque não vai  alcançar um povo que possa chamar de brasileiro.Antônio Almeida 02/o8/2012. 

                             

                   Os que educam o ser humano como criança, e não como seres humanos, com sua proteção demasiadamente, não ajudam no seu crescimento, na verdade só atrasam um ser que é único e já vem com o gene que vai aos poucos desenvolvendo as suas aptidões para o seu desenvolvimento. Mas em momento algum devem ser castrados, só porque não atende a proteção para dirigir os seus passos, quando se deixam levar pela proteção demasiadamente, viram criaturas fragilizadas pelo resto da vida dependente e dependendo sempre da dependência, e quando for ver a vida por outro ângulo, já está perdido o tempo não espera por ninguém, vivemos em um processo que o amanhã já é hoje, portanto não há mais lugar para a proteção demasiadamente, como vemos alguns pais, que deixam seus filhos dormindo e o tempo passando, (muitos ficam em casa até mesmo com mais de quarenta anos) e quando acordam para a vida, o seu espaço já não mais existe, vivemos em um momento muito competitivo da globalização, quem tiver preparado segue o seu curso e aqueles que ficaram esperando o manjar cair do céu, vão passar o resto de suas vidas frustrados por não terem sido acordados no tempo certo e aí, tornam-se inúteis porque nada aprenderam tornando-se depressivos, dependente químico e outras coisas mais que a ociosidade oferece. O amistoso avisa que a universidade da vida está sempre mostrando, o que o mundo está oferecendo para o seu desenvolvimento como um ser pensante, o que não falta é informação, então mãos a obra enquanto o orvalho está caindo. Antônio Almeida 05/08/2012.
Publicidade
Visitas
Tempo