Categorias
Agenda
outubro 2012
S T Q Q S S D
« set   nov »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Telelista
Link´s

Arquivo para outubro, 2012

         

  É como estou me sentindo no momento, como se fosse uma folha seca que cai de uma árvore e o vento vai levando, sem qualquer pretensão de ser uma a mais, porque não tem mais razão de dar continuidade ao um novo reflorestamento para novas vidas, que não querem seguir seus rumos.

      Os bichos deste novo século estão sempre sem assunto para debater, apesar dos problemas que estão passando neste momento de tanto assunto, mas preferem caminhar de olhos fechados para a robotização e a individualidade que é a melhor maneira para ficarem sem assunto.

          Estou indo devagar, devagarzinho para algum lugar em que eu possa ter paz e assunto para restabelecer as minhas ideias sobre as coisas que me deixam ficar sem assunto.

          O amistoso triste com o novo caminhar dos que dizem que sabem, não sei se caminha ou se andam correndo atrás do antes ou do depois.

E nós ainda não sabemos quem somos e o que fazemos aqui, eu não sei, e você desconhecido sabe e não diz nada, e então por que está aqui, já sabe ou ainda não aprendeu nada, mas diz que já sabe tudo até mesmo aonde começou, será que foi no  universo mesmo ou é propaganda dos visionários de hoje, de antes e do depois. Primeiro um universo, agora já são onze em expansão para abrigar o que? Será que já sabem e ficam sem informar para os que querem saber das coisas e de onde surgiu e qual é a sua finalidade, uns sabem muito e se preparam para um novo renascimento depois que apareceram outros universos, tudo é possível, se acreditarmos que Jesus disse realmente que na casa de meu pai, tem muitas moradas, sendo assim, a humanidade já deveria estar mais adiantada em relação ao o outro, e o que se ensina nesses templos como verdade absoluta? Será que sabem mesmo, ou é apenas para ganhar dinares, sem repartir como ensinou o mestre Jesus a mais de dois mil anos, até o momento, em relação ao outro, o homem mudou muito pouco ou quase nada, é só olhar para ver as informações, é o que não faltam a todo instante, está dentro de sua casa e você com medo de sair como nos velhos tempos em que as feras dominavam o planeta.

AS feras de hoje, já são pós-humanos a caminho da robotização, já estão deixando a palavra humanidade como coisa do passado, será que já descobriram mesmo que vão viver eternamente em baixo e em cima transmutando na quarta dimensão. Governados pela inteligência artificial, o amistoso já está perto da saída, para não ver o agora e nem o depois, se existir vou viver na minha caverna escura no casulo da minha metamorfose.

  

                      A onde estou neste momento? Nem eu mesmo sei se estou algemado, engessado ou atropelado por pensamentos que veem a todo instante para ditar-me coisas que quero entender e levar-me para bem distante deste mundo hipócrita desalmado e esdruxulamente mal governado, com tantas injustiças que fico sem rumo, para navegar em águas mais brandas, para que justifique a nossa existência como um ser humano, participante das coisas que existem para o aperfeiçoamento da humanidade de hoje e do depois. Só vejo crescimento tecnológico, científico e em outras áreas também de grande importância, mas, e o homem, a onde se aprimorou como ser? Neste ponto, o seu crescimento é pífio, as suas descobertas são para a melhoria de uma sepultura mais garbosa, não se precisa mais de sete palmos. Mais o que descobriu para o seu crescimento se ainda não sabe quem é? A cada instante o que vemos, em todo mundo é o barbárie campeando demasiadamente, e estes homens que a mais de dois mil anos, ainda não se encontrou como primos irmãos que são, deveriam ser exemplo para a humanidade, mas o que se ver é o contrário, propalam a todo instante com bastante veemência o absoluto, mais na realidade nada aprenderam, e permanece no relativo como seus ancestrais nômades, e com diploma nas mãos, mas, o que aprenderam: A raiva, a violência o conflito constante o desrespeito pelo seu semelhante, ainda não aprenderam a primeira lição do mestre Jesus, ame o próximo como a ti mesmo,(o que está faculdade ensina, prefiro os de antes, de que os depois), porque eram brutos, mais os brutos também amavam.

O amistoso não tenta ser pão doce, dita apenas o que sente, só sei o que sei, se você sabe e concorda tudo bem, se não eu sou assim, assim e assim.

 

           

É cósmica ou divina, se as pessoas dessem mais atenção quando o sinal que é dado ao seu subconsciente e conseguisse captar e da à devida atenção, muitas coisas seriam evitadas.

           Devemos estar atentos ao conhecimento “a priori” é o adquirido independentemente de experiências.

          Portanto a intuição é uma coisa que nasce com a pessoa para ser desenvolvida com os sinais que surgem espontaneamente para dar avisos de que algo pode acontecer (o aviso vem antes do depois) você tem que estar atento, muitas pessoas evitaram que acontecesse algo ruim porque seguiram a sua intuição e outras se deram mal, porque não seguiram a sua intuição, para valorizar demasiadamente o TER, ou às vezes até coisas supérfluas, porque não estava atenta à intuição, e aí as coisas acontecem (o ser humano pode antecipar o seu dia) se todos os dias tem aviso que o cigarro mata e você continua fumando, vai antes ou não? Será que sabe, ou pretende morrer antes do tempo.

          O espaço e o tempo faz a diferença, só quem se desloca tem a preferência os que ficam parados, podem acontecer de tudo, até mesmo a morte prematura.

            O amistoso aprendeu a conviver com a sua intuição e sempre se deu bem, (ganha-se perdendo e perde-se ganhando).

            Não sei se disse o que sei.Ou o que sabia e você já sabe ou não.

A moda atualmente são as frutas tropicais e até as europeias estão sendo degustadas com mais interesse. As frutas mais requisitadas no momento são: melão, manga, morango, maçã, pera, melancia, jaca e outras que estão enaltecendo o caju e ainda importaram o caju-duro da África para mostrar o que esta na moda, no mundo todo (eles e elas gostaram e aprovaram), criou até musica para as frutas que fazem grande sucesso nas baladas e em outros lugares. A febre cada vez mais aumenta só se fala em frutas, cada vez se come mais, o caju-duro tomou conta do PEDAÇO, agora é o manda chuva, as outras que se cuidem porque a fruta veio para ficar. Elas agora têm que rebolar mais, porque é dando que se recebe.

O amistoso avisa que pode comer as duas ao mesmo tempo, (CAJU-DURO E CASTANHA MOLE).

 

Para viver no hoje, e o que é o hoje? Será que eu já conheci, ou vivo sem encontrar essa incógnita do presente.

Na verdade nasci para o SER, e deparei-me com o TER e com ele sobrevivi inconscientemente e conscientemente até encontrar a verdadeira vida que é respirar e inspirar no SER, mais a luta da permanência é difícil, essa separação de longos anos vividos no (TER) antes do SER, conquistei muitas coisas, que não me sinto preparado ainda para essa separação. Muitos cantam e louvam o amor incondicional, mais acumulei tanto que fiquei cego, morri bilionário sem conhecer o que estava bem perto por muitos anos, para viver no SER, mas, mais uma vez a junção não aconteceu, e fico sem conhecer, e vivendo no hoje, tento conhecer o antes, e viver no SER, para fazer a passagem e encontrar com o universo maior (DEUS).

O amistoso avisa que o inimigo maior do homem é ter bastante dinheiro, porque compra tudo, mais fica sem nada, tenha o suficiente para viver e conquistar você mesmo e transportar para o outro que é você, repartindo suas conquistas, seu amor incondicional, as suas lutas, suas vitórias e derrotas, que um dia lá na frente, você poderá dizer para todos. Aprendi com a vida a viver, e morri consciente de ter vivido.

 

Publicidade
Visitas
Tempo