Categorias
Agenda
Janeiro 2013
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Telelista
Link´s

Arquivo para Janeiro, 2013

 

Não há mais salvação, nem os planos de saúde, não estão atendendo com o devido respeito os seus pacientes e os médicos não sabemos mais quem é quem, porque nas consultas não convencem mais, olham para o paciente como se fosse uma coisa qualquer, com algumas exceções de regra é uma vergonha o medico brasileiro.

Medicina de boa qualidade só tem para ricos e políticos, no INSS nem adianta falar mais, só mesmo uma revolução no sistema, ficam falando dos países em crise, mais o Brasil é um pais rico já é a sexta economia mundial, é um dos países que sempre teve o descaso pala educação e a saúde, (será que continuamos Silvícolas mesmo no depois) e a onde está os impostos arrecadados que ultrapassam a casa de mais de um trilhão de reais por ano, será que foi pela cachoeira abaixo, porque correu muita água debaixo da ponte, e depois misteriosamente o rio já está seco novamente.

Alguns médicos estão lançando uma nova moda, não usam mais Estetoscópio e nem medidores de pressão (olham mais para o computador do que para o paciente) mesmo que este já tenha mais de setenta anos, não há mais respeito pelo o outro e até mesmo pela sua profissão, já fui a cinco que não fazem mais estes procedimentos e inclusive médico de coração, fico sem dizer nada porque esses são os que me dão subsídios para que eu possa escrever os meus (PLA-TIM-BUM-BUM).

É o dia do senhor do antes, que veio no depois para nascer e renascer, para dá um melhor sentido à vida no depois.

Trazendo a sua palavra para semear uma boa nova e através dela iluminar a humanidade com os seus ensinamentos, houve uma melhora quanto ao entendimento da palavra, mas os seus bem próximos adotaram o (TER) como a sua bandeira de luta e ainda não a entendimento tão propalado como foi dito, por que não entenderam a palavra irmão, por isto não respeitam, porque não chegaram ao um consenso mesmo no depois do seu comprometimento do prometido no ser, mesmo depois de mais de dois mil anos, se dividiram e continuam como inimigos, será que aprenderam? Ou eu é que não sei, e você (PALES-IRAIES) prometeu mais até hoje não cumpriram o prometido ao MESTRE e então por que pensa e faz orações? Quando a matança continua em nome de quem? Ler mais não pratica e não adianta bater a cabeça na parede porque DEUS está surdo e mudo para aqueles que pensam que tudo sabe para dizer eu sei, mais nada aprendeu dos seus ensinamentos, há não ser, se aproveitarem da palavra e se eternizarem no (TER).

Só escrevo os meus alfarrábios para dizer o que nada sei com os meus PLA-TIM-BUM-BUM.

Esta é a pergunta que todos fazem e (professam). Quando seremos eternos? Será que já somos e ainda não sabemos no depois? E quais são os nossos destinos? Será que já veem traçados na travessia? E porque depois de milhões de anos no antes, ainda não fomos devidamente informados?

Já estamos caminhando na robotização, mais na frente transhumanos, e finalmente a inteligência artificial.

O que é a vida? Você sabe, qual é o seu propósito aqui. O meu eu já sei, vim do prometido para o comprometimento do ser junto com a minha alma cônscio do dever cumprido, mas ainda não tenho como saber se sou eterno, porque destas incertezas, já deveríamos saber ou não? Será se soubéssemos seríamos melhores, e o nosso aperfeiçoamento teria uma profundidade maior, tornando cada ser único e universal melhor para o crescimento da humanidade como seres mais completos, vivendo harmoniosamente em um mundo mais justo, em cima ou em baixo, para um novo reencontro como uma partícula do universo que caminha e se expande cada vez mais, e se ainda houver outros retornos, que traga mais luz para há humanidade sair dos seus pensamentos espartafudios, e aproveitarem bem essa mistura, para dá um melhor sentido à vida dos seres que ainda usam o candeeiro para iluminar os seus pensamentos e atitudes que se eternizaram no ter. (como os faraós do Egito antigo) Deuses divinos humanos.

Tento manter para justificar a minha presença como um ser pensante, para que essas duas massas tão importantes se mantenham me ajudando sempre, com os meus alfarrábios dos ditos do que nada sei, para dizer o que nada sabia do que sei.

Nesta travessia mais lenta no depois, retornando ao antes, é mais lenta e dolorosa, mas se faz necessário manter estas duas massas tão importante para o ser, que já está fazendo a sua viagem de volta, essa preocupação de estar mantendo-se presente e tentando doar-se ao o outro, mesmo para dizer o meu (PLATIM-BUM-BUM) no hoje, tentando passar o que penso do meu EU, que alcancei sem muito borogodó, viver no ser, que é o verbo que todos deveriam apreender para serem mais humanos, como afirmou o grande mestre da historia da humanidade JESUS CRISTO, com os seus ensinamentos para uma vida de irmandade, mais o que vemos como irmãos é um progresso pífio, basta olhar, e ver tanta ganância para viver no ter e se eternizar nele, enquanto bilhões de seres vivem na miséria total outros vivem como bilionários sem a mínima intenção de se desfazer um pouco do muito que tem, para oferecer aos menos afortunados.

Depois de morto, a única diferença é o seu Epitáfio. Se não pode carregar nas suas costas a sua fortuna, tente ver o outro de uma maneira mais plausível, dando também oportunidade para ter uma vida melhor, faz isso enquanto é tempo que sereis agraciados com as benções de DEUS. Eu sei que tu sabes por que fora avisado no antes, para o seu comprometimento com a vida.

 

TER, ESTAR, RENOVAR, CONPREENDER, SER E OUTROS.

Quando vim do antes, para desbravar o desconhecido no depois, ensinarão, em primeiro lugar o (TER) que aos poucos fui conhecendo. Tenho um pai e uma mãe, mas com a passar dos anos, descobrir que também tenho uma família, comecei a sonhar no ter, as minhas possibilidades e estar entre os grandes, era só uma questão de tempo.

Compreendi que com muito esforço, poderia conquistar muitas vitórias no decorrer de minha existência. Nesse pequeno planeta criei azas para voar o mais alto possível, alcancei uma vida de glórias. Mas no antes, tinham me avisado para depois das conquistas, que teria de compartilhar com o outro que estava bem mais adiantado, porque já tinha alcançado a sua plenitude no (SER). Aí, neste momento de reflexão dos anos já vividos, encontrei o verbo da minha salvação, que é o SER.

Neste momento comecei a minha renovação para conquistar o que já estava prometido na minha mente no antes, que era o reconhecimento de que não só conquistei uma família, passei a fazer parte de um mundo atualmente com sete bilhões de irmãos vivendo muitas vezes em condições bem precárias, mas só sabemos quando aprendemos a conjugar corretamente o verbo (SER) conhecendo o outro que é você.

O grande mestre JESUS disse um dia, amai o próximo, por que ele sabia dessa grande multiplicação.

O amistoso avisa que este verbo, na sua essência, é bem difícil de conjugar.

 

sem assunto

Para facilitar o transporte da cidade alta para a cidade baixa, começaram na época, considerada uma grande obra, construir um túnel para dar passagem e melhorar o fluxo de carros e pessoas para a cidade baixa em Salvador.

Levou décadas para ser construído, um buraco de tatu que servia como propaganda política elegendo muitos prefeitos ao longo dos anos. Depois que ninguém ligou mais, finalmente foi construído e na inauguração não tinha mais do que umas vinte pessoas, o povo nem lembrava mais da pequena obra que mais tarde foram ver (imagina o dinheiro que foi gasto), mas nem tudo está perdido a cidade cresceu e o buraco de tatu está servindo mesmo depois de tantos anos de promessa.

Anos se passaram e com a modernidade e expansão da capital mais antiga do Brasil, que tem a terceira maior população do país e com o aumento de carros, surgiu outra grande obra, construir um metrô com um percurso de apenas seis quilômetros, começaram os projetos ainda na década de noventa, as pessoas já falavam desta grandiosa construção.

Introduzir-se a grandiosidade Brasileira de obras inacabadas, tem milhares dela pelo país todo, (quem liga para o dinheiro do povo), pois bem, mais uma obra que tem gasto uma fortuna e o trem depois de uns dezesseis anos aproximadamente, tem apenas três quilômetros pronto e dois trens que ainda não saíram dos trilhos, agora eu não sei se evoluímos para baixo ou para cima (ninguém é responsável porque é sempre o povo quem paga a conta), o povo paga mais de um trilhão de impostos por ano, e o dinheiro para onde vai?

O dinheiro da china todos sabem porque tem compromisso com o povo, e o nosso é um saco furado, será que este sistema de governo é o melhor, e os responsáveis: vereadores, deputados, prefeito, senadores o poder judiciário, governador, presidenta e todos que são responsável pelo o erário publico não se sente envergonhados, ou esse país não tem justiça para colocar com tantos descalabros, o trem nos trilhos, o que é que acontece nesse país continental e rico chamado Brasil.

Olhem para os chineses e vejam em quanto tempo eles construíram dois mil oitocentos e noventa e três quilômetros de linhas, e colocaram dois trens bala com uma velocidade de trezentos e cinquenta quilômetros por hora, para melhorar as condições de seu povo. A diferença é que o dinheiro do povo retorna para ele e o nosso desaparece como fumaça.

É por essas e outras, que escrevo os meus PLA-TIM-BUM-BUM.

Jamais serão iguais, porque são alienígenas de diferentes mundos, que vieram como povos distintos e aportaram em continentes diferentes para evoluírem no SER.

O clima não ajudou por milhares de anos, mas no depois a nova tecnologia continua a tentar diminuir essa desigualdade para que em breve tempo, esse propósito no prometido bem no antes de tudo, que um dia iria acontecer, para o bem de uma nova raça universal que se chamaria humanidade.

Os continentes foram se formando na sua desigualdade em quase tudo, mas o importante é que haveria a revolução da tecnologia mais avançada e os povos se aproximariam, resultando na igualdade dos desiguais, do prometido bem no antes. Esse foi o grande projeto para a igualdade.

Milhões de anos se passaram e o projeto de humanidade continua na desigualdade, apesar de sua aparência de igualdade.

É assim que a humanidade viverá até o fim, sem nenhuma possibilidade em que possamos chamar de seres humanos. Serão para sempre um projeto mal acabado que jamais dará certo, porque o TER, sempre foi a sua principal arma para a desigualdade dos iguais.

 

É dessa forma que os doutos dizem quando pronunciam uma palavra fora do contexto, mas que estava no texto, para ser dita quando ela é verbalizada, muitas vezes para atingir o adversário, mas ao mesmo tempo ela recebe uma réplica pelo mau uso da palavra, aí vem logo em seguida a resposta que já estava pronta ( desculpe, foi um ato falho).

Na verdade a nossa mente de vez em quando, nos deixa em situações que ficam mesmo sem resposta. Então, nessas situações, este caso é uma apelação, mesmo para o ato falho.

Os doutos a principio, para serem bons, devem ser atores das palavras, para conhecer e ter um excelente vocabulário para debater bem com o seu oponente, pois se não o tiver ,será sempre um dos Dikanitê.

O amistoso das palavras pede desculpas, pelo ato falho do seu PLA-TIM-BUM-BUM.

Como é importante para mim ter uma companheira inseparável, amiga, sedutora, que impressiona quando está sempre ao meu lado, dando cada vez mais subsidio para a minha caminhada da vida.

No depois, adentrando e aprendendo com a sua sabedoria infinita, sorvendo como o doce mel das abelhas que são únicos e os mais saborosos, que me sustentam nos devaneios da minha solidão, alimentando a minha alma.

Sofia, agora eu sou um livro bolorento e velho, esmaecido pelo tempo, deixado em uma prateleira qualquer de uma biblioteca da vida, esquecido e empoeirado sem ser o mesmo de antes.

No hoje, não usam mais ou muito pouco a mesma vestimenta. Deixaram para o antes uma lembrança dessa mulher exuberante, que a minoria quer sorver com muita dedicação e amor. A faculdade da vida ficou no esquecimento dos que dizem que sabem, sem olhar para frente, porque a onda do tempo vem com muita força e trás uma enxurrada de novos conhecimentos com uma tecnologia tão avançada que não dá mais tempo para pensar na existência daquela mulher, que sempre foi e será de suma importância para a humanidade, do antes do depois e do agora por diante.

 

 

Publicidade
Visitas
Tempo