Categorias
Agenda
setembro 2015
S T Q Q S S D
« ago   out »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
Telelista
Link´s

Arquivo para setembro, 2015

     Ou de Eva? Segundo a história da Suméria de muitos anos antes de Cristo, Adão teve duas mulheres a primeira “Lilith” veio de cima e não gostava de ficar só por baixo, queria também ficar por cima, mais Adão não permitia e ela não tinha vez, como era uma mulher que queria algo mais e não ficar sendo submissa de Adão, então o abandonou e foi embora retornando ao mundo cósmico como um anjo do mal.

   Como Deus queria uma companheira para Adão, e povoar a terra, aproveitou-se quando Adão estava em sono profundo sozinho no jardim do paraíso e com muita solidão, Deus procurou um momento e a oportunidade para retirar uma de suas costelas e criou Eva para ser a sua nova companheira.

  Na realidade de hoje, existe certa diferença entre as mulheres, umas são dominadoras e espertas demasiadamente e outras são passivas como Eva, mais condescendentes com seus maridos.

  Verdade ou não, nos tempos atuais encontramos mais Lilith do  que Eva sim ou não?…

 

lilith

 

 

 

      O brasileiro na sua grande maioria não ler nem um livro por ano, não tem amor a sua Pátria, não gosta de política, tem baixo estima, não valoriza o seu País, não é participativo.

      Seus mandatários fazem muito pouco pelo País e ganham muito e só sai do comando quando a sua quinta geração estiver garantida. Platão já afirmava a mais de quatrocentos anos antes de Cristo, povo que não gosta de política é governado por quem não sabe e no nosso continente da América do Sul chamado de Brasil, quem não gosta de política e não procura participar e entender o que seus governantes fazem, são governados pela corrupção.

    No Brasil depois da década de sessenta e do regime militar não estão existindo mais renovações na política brasileira, temos uma grande parte da juventude sonolenta, sem quase nenhuma participação na política, não tem mais candidato nem pra síndico de prédio por que os mesmo se perpetuam no cargo, com raríssimas exceções e com todas estas parafernália até pouco tempo o Brasil era a sétima economia do mundo.

   É um povo sem luta, há muita individualidade e depois que chegaram os aparelhos novos, deviam melhorar como cidadãos, com uma maior participação por que tem uma arma na mão para defender os seus interesses e o da nação Brasileira, mas na realidade isso não acontece, depois ficam chorando o leite derramado.

   Os apedeutas das faculdades só ficam no celular se achando, vá ler um livro bom e use seu celular com moderação, estamos e sempre tivemos dificuldade de participação, mas no agora vivemos com liberdade até de mais e o que fazem essa juventude, fica só coçando o saco e no colo da mamãe e com as bênçãos do papai que estão deseducando seus filhos, não é só faculdade propriamente dita, estou me referindo à melhor que é a faculdade da vida, é ela que vai alicerçar os seus conhecimentos, se não beber desta fonte, vai ficar no meio do caminho, no escuro da noite como breu, sem enxergar nada a procura de papai e da mamãe?…

livros

futuro

    É no passado que você faz a sua história com a faculdade da vida e seus conhecimentos adquiridos ao longo dos anos de uma existência.

    O futuro depende do tempo de vida e da perseverança e buscar aquilo que trás no íntimo de seu ser, com amor e o Dom que nasce com você, é só deixar fluir normalmente que vai acontecer mais cedo ou mais tarde.

    O presente é aproveitar a dádiva de Deus e mãos à obra, por que já nasceu como a palavra dita, não pode esperar é só fazer acontecer com a ajuda de Deus.

   Não deixe para começar à sua obra depois dos cinquenta, comece aos dez que o dom já é seu.

 

passado

          Por que não sou idoso e nem velho, é assim que me sinto neste momento de minha vida, só os meus alfarrábios ainda me acompanham por que são os meus companheiros constantes em minha gaiola, preso aos meus pensamentos que ainda ditam as palavras para expressar o meu mundo cada vez mais triste e enfadonho para se viver, as palavras choram por que as letras estão fugindo e meus olhos não alcançam mais, mas a teimosia continua nos meus pensamentos para ditar, que ainda tenho um sopro que pode ser vida, ou o que restou dela, mais dói no peito.

       Estar engaiolado sem visitas e sem uma companheira para dividir, somar e compartilhar pelo menos o mundo de Sofia para consolidar os pensamentos mais sublime de um ser que sabe na realidade apreciar as belezas da natureza.

        Nestes momentos atuais, surgiram os novos com novas formas de pensar, será essa a evolução dos novos tempos ou estou sonhando com um mundo melhor? Ou é apenas uma utopia minha? Na realidade o nosso mundo caminha para o seu destino final que é o fim de um planeta que nasceu para dar certo, mas tem uma raça, que acostumamos chamar de “humanos”?…

 

ermitão

        Se observarmos bem a natureza, vamos notar a força da fêmea, ela comanda milhares de abelhas e todas trabalham sem reclamar do seu trabalho que é tão nobre ao longo dos anos da existência da humanidade, até os “humanos” descobrirem a importância do poder de uma grande rainha, que ao seu comando fabricam este importante alimento para os “humanos” e incondicionalmente.

             Nos tempos remotos já davam valor a este alimento precioso e saboroso e de grande importância para saúde, que a natureza fornecia e ainda fornece através do comando de uma fêmea.

          Tratando-se da natureza, a mulher deveria ter mais espaço de maior importância no âmbito nacional e internacional, no comando das nações, por que a sua percepção de comando é mais sensata de que o homem, que sempre foi à parte dominante, neste caso poderia haver menos corrupção e menos conflito e mais soluções para a humanidade.

                  Encontramos o amor incondicional.

                  A solidariedade.

                  A razão para viver.

                  A dignidade.

                  O respeito ao próximo.

                  O caráter.

                  A prudência.

                  A verdade.

                  O perdão.

                  A convivência com as pessoas.

                  O nosso eu.

                  Que se aprende a amar e ser amado.

                  Que passamos aprender a amar nossos pais.

                  Que amamos nossos filhos e somos amados.

                  Que amenizamos nossas dores.

                  Que buscamos nossos objetivos.

                  Que deixamos fluir o ar que sai dos nossos pulmões.

                    Que encontramos o nosso Deus.

                    Que aprendemos aprofundar a nossa fé.

                     Que nós eternizamos no ser.

                     Que o amor incondicional se apresenta e perpetua.

                     Que aceitamos a desigualdade com amor.

                      Que aprendemos com a faculdade da vida a amar o próximo.

                      É na simplicidade de um candeeiro na caverna escura que ilumina os pensamentos deste ancião, que sabia ou pensa que sabe e continua aprender o dito do que nada sei.

 

amor incondicional

 

 

   Na dependência dependente nas mãos de um douto responsável pela vida.

   A maior preciosidade de um ser, para se manter em condições de continuar o seu caminhar nesta etapa aqui, deve ser com a mínima dignidade, fazendo parte de um plano responsável pela manutenção de sua saúde.

   Que grande responsabilidade do ser que deve cuidar do próximo que é ele mesmo, eu não sei como pensam, mas tem que ter no mais profundo do seu ser, o amor incondicional para o ser e não só para se manter-se no ter, que é passageiro que fica aqui, o ser continua para a luz do infinito que é Deus.

   Portanto o plano na saúde, jamais deve se esquecer das palavras quem deu vida aos doutos, para viver em função de salvar e viver pela vida, respeitando o juramento e as palavras de Hipócrates, considerado o pai da medicina, este sim é o melhor plano de saúde.

                              Juramento de Hipócrates:

“Prometo que, ao exercer a arte de curar, mostrar-me-ei sempre fiel aos preceitos da honestidade, da caridade e da ciência penetrando no interior dos lares, meus olhos serão cegos, minha língua calará os segredos que me forem revelados, que farei como preceito de honra. Nunca me servirei da minha profissão para corromper os costumes ou favorecer o crime se eu cumprir este juramento com felicidade goze, eu para sempre a minha vida e a minha arte com boa reputação entre os homens, se infligir ou dele afastar-me, suceda-me o contrário”.

                         ( Hipócrates, 450 AC )

hipócrates

       A espera do momento final de uma vida, por que não sou idoso e nem velho, apenas um ermitão que deve ir se distanciando dos doutos das palavras por que não aprendi e não sei mais o que sabia no antes como posso propalar o dito no depois, as pessoas estão à frente verbalizando o que pensam sem mesmo parar para pensar, as palavras ditas sem raciocinar machucam o coração de quem não é mais jovem para aguentar o repuxão.

    Os muitos anos vividos ensinam que deve ficar quieto no seu canto e de boca fechada, nestes novos tempos o ermitão é uma palavra pra se jogar no lixo.

    Às vezes esqueço de que já cheguei ao terceiro milênio, aonde todos já sabem até mesmo os pequeninos já estão dando aula com os novos brinquedos, por isso que daqui pra frente, devo permanecer no casulo da minha caverna escura e falar pra mim mesmo cala-te.

   Quero morrer no meu tempo e quando Deus quiser e meu coração aguentar, e ficar sem significar o que um dia significou, mais no agora não significa mais nada.

   escasez

  Como é triste e não ter mais prazer de ver as coisas com o brilho nos olhos com era no antes.

  No hoje na sombra do passado, o presente tem muitas cores e brilhos, mas não alcançam a sensibilidade na interação e o olhar do ser presente, por que com o passar do tempo, o novo não encanta tanto como no antes, não sei se os amores nas coisas novas não estão tão presente.

   Percebo que o nosso planeta esta perdido neste minúsculo ponto dos universos e as pessoas que habitam vive sem noção de tempo e espaço, não sei mais o que pensa essa raça que chamamos de “humanos.”

   Os “humanos” estão cada vez mais distantes uns dos outros, só trocam palavras através dos novos aparelhos que vão surgindo no dia a dia e estão satisfeitos em retornar as tocas e passarem muitas horas por dia do seu precioso tempo, sem mesmo ver a luz do sol.

  O planeta terra chega ao seu momento mais cruel de sua existência. O ser humano vai com muita sede ao pote e não percebe que ele está ficando seco e sua água está acabando. Será o fim de um paraíso que herdamos com as bênçãos de Deus? Daqui pra frente com esta superpopulação crescente e ainda vivendo como “humanos”, terá um fim triste e tinha tudo para dar certo.

                                 É SÓ OLHAR PRA VER.

 

olhos

 

     E reproduzida à visão do mundo e a sua visão das suas perspectivas neste mundo na arte de suas motivações, dentro da nossa realidade de mundo e pretender dar razões as coisas que demonstramos através da nossa inteligência, pode se compreender a natureza da verdade que sempre procuramos e retirar o véu.

     Para encontrar as razões das coisas humanas no sentido de conhecer a si mesmo no seu interior e na sua essência como ser, na sua dimensão maior no reconhecimento no outro e buscar a comunhão através dos diálogos comuns na relação entre as pessoas, para poder julgar e destruir através das palavras é que encontramos a verdade das coisas e a razão vem trazer a verdade de todas as coisas na busca de encontrar ela própria, que deve ser o comum dos homens, na sua essência do bem comum do ser.

Publicidade
Visitas
Tempo